Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 01 Março |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Incêndio atinge milenar abadia da “linha reta dos 7 santuários” de São Miguel Arcanjo

SACRA DI SAN MICHELE

Fratelli d'Italia

Reportagem local - publicado em 25/01/18

A Sacra de São Miguel, com mais de 1.000 anos de existência, é um dos mais impactantes mosteiros do mundo

Matéria atualizada em 15 de abril de 2019

Um incêndio de grandes proporções, na noite de 24 de janeiro de 2018, provocou graves danos ao teto da milenar abadia italiana conhecida mundialmente como ASacra de São Miguel.

O impressionante complexo de mais de dez séculos, formado por um mosteiro e uma igreja, foi construído entre os anos de 983 e 987 sobre uma enorme rocha do Vale de Susa, na região do Piemonte, a cerca de 40 quilômetros de Turim. A monumental abadia passava por trabalhos de restauração precisamente no teto. As primeiras informações, posteriormente confirmadas, apontavam um curto circuito como a causa das chamas.

1200px-la_sacra_ammantata_dalla_neve

Não houve feridos. Os três padres rosminianos que viviam na abadia foram retirados do local por segurança. A abadia tinha sido confiada à sua ordem religiosa, o Instituto da Caridade, em 1836.

Os tesouros históricos, culturais e de arte sacra também foram poupados da destruição.

Graças ao trabalho dos bombeiros, que atuaram durante toda a madrugada, os danos puderam ser limitados. Mesmo assim, os estragos foram bastante consideráveis na seção conhecida como “Antigo Mosteiro” (“Monastero Vecchio“). A parte arquitetonicamente mais relevante do conjunto histórico não sofreu impactos, mas precisa, ainda assim, de reparos complexos e de grande monta para se evitarem tragédias futuras. Por enquanto, não há informações quanto à previsão de tais obras.

WEB – CUP001 – The Sacra di San Michele, the symbol of the Italian region of Piedmont, stands in the dawn. In the background are visible mountains of the Val di Susa – shutterstock_640285153
Roby1960 | Shutterstock

A Sacra de São Miguel faz parte da antiga Via Francígena, uma rota medieval de peregrinação que ia da França para Roma. É um dos sete santuários dedicados ao Arcanjo Miguel que, pela sua localização geográfica, formam no mapa uma impressionante linha reta entre a Irlanda e Israel. Saiba mais sobre estes 7 santuários acessando o seguinte artigo:




Leia também:
A misteriosa linha reta que une 7 santuários dedicados a São Miguel: coincidência?

web3-linea-sacra.jpg

Tags:
AnjosHistóriaIgrejaSantuários
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia