Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Atualidade

Papa: o nascimento de filhos é o maior investimento para um país

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE

Antoine Mekary | ALETEIA | I.Media

Reportagem local - publicado em 19/06/18

"O homicídio das crianças. Para deixar a vida 'tranquila', mata-se um inocente”, denuncia o Papa, dando nome aos bois

Ao receber para uma audiência no Vaticano os membros de uma associação de famílias, o Papa Francisco comparou o aborto com as práticas nazistas de extermínio humano, afirmando nesta segunda, 18 de junho:

“No século passado, todo o mundo se escandalizava com o que os nazistas faziam pela pureza da raça. Hoje fazemos a mesma coisa, com luvas brancas”.

O Papa denunciou sobre o aborto:

“Está na moda, é ‘normal’. Em uma gravidez na qual a criança não está bem ou possui alguma malformação, a primeira oferta é: ‘vamos tirá-la?’. O homicídio das crianças. Para deixar a vida ‘tranquila’, mata-se um inocente”.

Francisco deu mais um exemplo histórico:

“Quando eu era criança, a professora nos ensinou o que os espartanos faziam quando nascia uma criança com malformação: eles a levavam até um monte e a jogavam do penhasco, para salvaguardar a ‘pureza da raça’. Uma atrocidade. Mas nós fazemos o mesmo”.

E questionou:

“Por que você não vê anões nas ruas? Porque o protocolo de muitos médicos diz: ‘Ele vai nascer deformado, vamos nos livrar dele’”.

Diante desse cenário, o Papa Francisco defendeu a vida e um acolhimento realmente livre de exclusões:

“Os filhos se recebem do jeito que vierem, do jeito que Deus os envia”.

Ele reiterou que um casamento, entendido naturalmente, é formado por um homem e por uma mulher que devem ser incentivados a ter filhos, recordando que as crianças são um bem para toda a sociedade.

“Nos dias de hoje, fala-se de famílias ‘diversificadas’: vários tipos de famílias. É verdade, a palavra ‘família’ é uma palavra análoga, porque falamos da ‘família’ das estrelas, das ‘famílias’ das árvores, das ‘famílias’ dos animais… É uma palavra análoga. Mas a família humana, à imagem de Deus, homem e mulher, é uma só. É uma só”.

Francisco prosseguiu:

“O nascimento de filhos é o maior investimento para um país e é a primeira condição para a sua prosperidade futura”.

A cultura do descarte no mundo

O poderoso ativismo de grandes organizações internacionais que lucram bilhões de dólares com a indústria do aborto, porém, tem sido particularmente agressivo em suas campanhas mundiais para manipular a linguagem e influenciar as culturas, gerando a falsa crença de que um embrião “não seria um ser humano”, mas apenas “um amontoado de células”. Além de negar o básico da biologia e da lógica, essa estratégia tergiversa conceitos-chave da civilização, como o de direitos humanos, levando a crer que existiria o “direito” de exterminar uma vida e que tal “direito” seria uma prova de “avanço social”.

Sob a influência desse tipo de manipulação, dois países de tradição católica cederam recentemente à cultura do descarte: Irlanda e Argentina aprovaram nas últimas semanas a expansão do aborto a casos em que basta a decisão da gestante, sem qualquer diagnóstico de risco nem para ela, nem para o bebê – como se não houvesse dezenas de alternativas civilizadas para planejar a gravidez de modo responsável e, mais elementarmente ainda, como se não fosse necessário discutir com muito mais objetividade e coerência sobre o que é, de fato, a dignidade e a grandeza de um único ser humano, desde a sua concepção até a sua morte natural.

Mas o nazismo não quer acolher o frágil, com toda a sua grandeza e dignidade. O nazismo quer matá-lo.


JENNIFER CHRISTIE

Leia também:
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nascido dessa violência


CHRISTIAN WEBER

Leia também:
“Quero que você saiba que eu procurei você para agradecer por não ter me abortado”

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AbortoCultura do descartenazismoPapa FranciscoVida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia