Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

cultura do descarte

Menina quase forçada à eutanásia no Reino Unido apresenta melhoras na Itália

Tafida Raqeeb, de 5 anos, ficou em coma durante meses; médicos britânicos afirmavam que o caso não tinha solução

Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosamente de… solidão!

Ela, de 84 anos, e ele, de 94, choravam em pranto dilacerante - e o caso deles é bem mais comum do que se possa imaginar

Pe. Fábio de Melo é execrado por questionar “saidinha” de Nardoni no dia dos pais

O sacerdote foi alvo da ira de "justiceiros virtuais" ao declarar que “a saidinha deveria ser permitida só no dia de finados, para que visitassem os túmulos dos que eles mataram”

Pai testemunha: “Se não fosse por Charlie Gard, o meu filho não existiria”

Bebê inglês assassinado pela cultura do descarte em 2017 levou casal italiano a mudar de ideia

Bispo recorda: votar em candidato que apoia aborto é participar deste crime

"Que nestas eleições sejam escolhidos valores cristãos e fundamentais como a vida, a família, a honestidade e a verdade"

Pesadelo britânico: mais uma criança “obrigada a morrer” por decisão médica

Os pais querem tratá-la na Itália, onde médicos já se prontificaram a recebê-la - mas o hospital de Londres teima em decretar a sua morte

Dono do Facebook se orgulha de bloquear anúncios pró-vida para facilitar aborto

A censura contra ativistas pró-vida na rede social ajudou a aprovação do aborto na Irlanda em 2018

Card. Sarah: “Vincent é mártir da loucura aterrorizante dos homens do nosso tempo”

Dito em termos simples, Vincent Lambert foi assassinado por ordem judicial e morreu de sede após 10 dias de agonia

Assassinado pela “justiça”: Vaticano expressa dor pela morte de Vincent Lambert

Aparelhos foram desconectados no hospital por ordem judicial contrária à vontade dos seus pais

Justiça da França determina morte deste homem contra vontade de seus pais

Vincent Lambert sobrevive há 11 anos com suporte vital que agora deverá ser desconectado. Pais afirmam que se trata de assassinato.

1 2 3 16