Aleteia

Mais uma criança interrompe a catequese do Papa (e ele adora!)

pope francis girl
Compartilhar

“Deus fala através das crianças”, afirmou o Santo Padre

Aconteceu no meio da Audiência Geral de quarta-feira, 21 de agosto de 2019, na Sala Paulo VI, no Vaticano: uma garotinha driblou a Guarda-Suíça e subiu ao palco, onde o Papa Francisco fazia sua tradicional catequese.

O pontífice falava sobre a nova modalidade de relacionamento entre os discípulos de Cristo, fruto da comunhão da comunidade cristã. A menina, então, se aproximou do Santo Padre para lhe estender a mão.

Imediatamente, o Papa fez um gesto aos responsáveis pela segurança para que não retirassem a criança de lá. “Deixem-na tranquila. Deus fala através das crianças”, disse Francisco, arrancando aplausos da plateia.

pope francis girl
Filippo MONTEFORTE / AFP

Diante da permissão do Papa, a criança ficou brincando perto dele durante toda a Audiência Geral. No fim da catequese, o Papa refletiu:

“Todos nós vimos esta menina tão bela, é bela, porque é bela. Pobrezinha, é vítima de uma doença e não sabe oque faz. Eu pergunto uma coisa, mas cada um responde no seu coração: eu rezei por ela? Vendo-a, eu rezei para que o Senhor a cure, a proteja? Rezei pelos seus pais e a sua família? Sempre que vemos alguma pessoa que sofre, devemos rezar. Que esta situação nos ajude sempre a fazer esta pergunta: eu rezei por esta pessoa que eu vi, que se percebe que sofre?”

Outro caso

Há quase dois anos, um menininho mudo também roubou a cena durante a Catequese do Papa Francisco na Sala Paulo VI.

Ignorando o momento solene, ele correu para lá e para cá enquanto o Papa falava. Depois, parou ao lado da Guarda Suíça. O garotinho se agarrou ao traje colorido dos guardas e deu várias voltas ao redor deles. Alegre e com sorriso contagiante, ele virou o centro das atenções, o protagonista absoluto da Audiência Geral.

POPE FRANCIS AUDIENCE
Antoine Mekary | ALETEIA | I.Media

A mãe e o pai dele explicaram que eles eram argentinos que o garoto não falava. Comovido, Francisco aproveitou o momento da bênção e da oração pelas crianças e idosos enfermos para dizer:

“Queridos irmãos, este menino é mudo. Não pode falar. Mas sabe se comunicar, sabe se expressar. E tem uma coisa que me fez pensar: ele é livre! Indisciplinadamente livre (risos e aplausos). Mas é livre… e me fez pensar: Eu também sou livre assim diante de Deus? Quando Jesus diz que temos que fazer como as crianças, ele nos diz que temos que ter a liberdade que tem uma criança diante do Pai. Creio que este garoto nos ensinou muito. E peçamos a graça de que ele possa falar! Obrigado”.

(Com informações de ACI Digital)

Boletim
Receba Aleteia todo dia