Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 24 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Ter irmãos faz muito bem para aspectos-chave da personalidade

FILIPINO FAMILY

pixelheadphoto digitalskillet

Reportagem local - publicado em 05/09/19

A convivência entre irmãos tem um potencial extraordinário de beneficiar cada um deles

Além da companhia para brincar, a sadia convivência entre irmãos exerce papel inestimável no amadurecimento individual, já que irmãos aprendem desde cedo a compartilhar as coisas, a lidar com os sentimentos desencontrados e a conviver com as diferenças de personalidade.

Os sentimentos desencontrados, por exemplo, misturam ciúmes e carinho, raiva e amor, impaciência e proteção… É comum que irmãos disputem a atenção dos pais e, ao mesmo tempo, cuidem uns dos outros e tentem se ajudar. Aliás, a capacidade de superar as diferenças para defender o outro é um legado crucial para as relações interpessoais na vida adulta.

Os pais também podem aproveitar as desavenças dos filhos para ensinar a eles valores fundamentais como o perdão, a compreensão, a empatia, o controle pessoal, o altruísmo, a solidariedade.

Irmãos saudáveis crescem compartilhando e cedendo: eles dividem espaços, como quartos, banheiros e áreas abertas; recursos materiais, como brinquedos, livros, roupas e alimentos; tempo, como as horas de brincar, estudar e ajudar em afazeres da casa; e, principalmente, compartilham o amor, seja dos pais, seja entre si.

A sadia relação entre irmãos deve fomentar ainda o desenvolvimento da sua autonomia, já que a dinâmica de ajudar e ser ajudados promove a capacidade de avaliar possibilidades e tomar decisões pensando ao mesmo tempo em si e no outro.


DOING DISHES

Leia também:
Por que você deve sempre dizer sim quando seus filhos pedirem para ajudar em casa

Tags:
EducaçãoFamíliairmaos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia