Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 10 Abril |
São Miguel de los Santos
home iconEstilo de vida
line break icon

Quanto tempo depois do almoço pode deitar?

WOMAN NAPPING

Shutterstock

Calah Alexander - publicado em 20/07/20

Há duas razões pelas quais negligenciar um cochilo à tarde pode levar a resultados drásticos em nossas vidas

Quando minha filha mais velha, Sienna, tinha dois anos e meio, fizemos uma viagem à Itália para passar algumas semanas com minha cunhada, que morava em Roma.

Eu já tinha estado em Roma antes – passei um semestre lá na faculdade -, então não esperava encontrar muitas surpresas culturais. Afinal, pensava, as coisas não deveriam ter mudado muito em poucos anos.

Mas eu mudei! Experimentar Roma como uma jovem mãe pela primeira vez foi diferente de experimentar Roma como estudante universitária – e nenhuma diferença foi tão profunda quanto o tradicional cochilo no meio da tarde.

Na faculdade, nas raras ocasiões em que eu passava uma tarde livre das aulas, eu caminhava para o centro de Roma e, ocasionalmente, encontrava um café favorito fechado ou portas de museus fechadas.

Tratavam-se de pequenos incômodos, facilmente remediados. Então, eu matava o tempo e esperava até que os italianos voltassem da soneca da tarde – uma tradição local.

Mas, como uma jovem mãe americana acostumada a ir ao supermercado buscar ingredientes para o jantar depois do almoço, o cochilo vespertino era, a princípio, um grande inconveniente.

Mas levou apenas uma semana para eu me acostumar.  Saíamos explorando a cidade pela manhã, comprando tudo o necessário para o jantar no caminho de casa. Quando terminávamos o almoço, estávamos prontos para tirar uma soneca.

Depois de uma semana, percebi o quanto esse modo de vida era mais refrescante. Eu não precisava de um estimulante com cafeína para superar a queda de energia no meio da tarde. Um cochilo era infinitamente mais eficaz.

Em algum momento, a maioria das culturas tinha uma tradição estabelecida de cochilo no meio do dia, especialmente culturas em climas mais quentes, onde a temperatura lá fora subia após o meio-dia.

Mas, no final da Idade Média, os médicos começaram a teorizar que cochilar poderia levar a doenças. Enquanto a ciência do sono geralmente percorreu um longo caminho desde então, as pesquisas sobre cochilos em particular agora estão ganhando força, de acordo com o Medium:

“Todos os seres humanos, independentemente da cultura ou localização geográfica, têm um estado de alerta geneticamente conectado que ocorre durante o meio da tarde”, escreve Matthew Walker, professor de neurociência da UC Berkeley, em seu best-seller de 2017, Why We Sleep (“Por que nós dormimos”).”“Os efeitos de não tirar uma soneca quando você bate na calha circadiana podem ser absolutamente aterradores. Em seu livro ‘Quando: Os Segredos Científicos do Momento Perfeito’, o autor Daniel Pink descreve: crianças em idade escolar dinamarquesas obtêm piores resultados nos testes quando os fazem à tarde, é menos provável que os juízes dêem aos prisioneiros uma decisão favorável, os anestesiologistas têm três vezes mais chances de dar aos pacientes uma dose fatal de anestesia, e os enfermeiros têm 10% menos chances de lavar as mãos [quando fazem isso à tarde]. As pessoas também se comportam de maneira menos ética à tarde, e os acidentes de trânsito relacionados ao sono aumentam entre as 14 e as 16h”.

Há duas razões pelas quais negligenciar um cochilo à tarde pode levar a resultados tão drásticos.

  1. Cochilar reduz a pressão arterial. De acordo com uma pesquisa da American College of Cardiology, uma soneca ao meio-dia é tão eficaz na redução da pressão sanguínea quanto uma dose baixa de remédio para pressão arterial. Não é à toa que a raiva da estrada aumenta à tarde!
  2. Cochilar ajuda o cérebro a processar informações ocultas e atualiza as conexões sinápticas. Uma soneca ao meio-dia é basicamente como um botão de redefinição para o seu cérebro, dando a chance de se livrar de informações sem importância e priorizar o que é importante – uma tarefa da qual nenhuma quantidade de café é capaz de fazer.

Por fim, é importante lembrar que nosso corpo se sai melhor seguindo nosso ritmo circadiano natural, ou seja, aquele que Deus projetou para nós. Então faça como os italianos e deite um pouquinho depois do almoço.




Leia também:
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da noite


SLEEPING

Leia também:
Você pode estar dormindo de forma errada

Tags:
DescansoEstresseSaúdesonoTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
2
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
3
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
4
Padre Gilvan Manuel da Silva perde pais e irmãos para covid-19
Reportagem local
Padre perde pais e irmãos para covid-19 e afirma: “Continua...
5
FRANCISCO AND JACINTA MARTO
Tom Hoopes
As lições dos pastorinhos de Fátima aplicadas ao coronavírus
6
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
7
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia