Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 27 Julho |
São Galactório
home iconEstilo de vida
line break icon

É melhor dar que receber, especialmente no Natal

ADVENT, WREATH, CHILD

Tomsickova Tatyana | Shutterstock

LaFamilia.info - publicado em 17/12/20

Se o ano inteiro fosse como o Natal, o mundo seria muito melhor

No Natal, nós comprovamos isso: a satisfação de doar-se aos outros com alguma ajuda espiritual ou material é incomparável à que se sente quando se recebe. O desprendimento nos faz sentir em paz e felicidade conosco mesmos.

Ter como premissa básica de vida que “é melhor dar que receber” nos permite libertar-nos das ataduras, sair da egolatria, além de experimentar a placidez que a generosidade produz.

É preciso doar-se com disposição, sem arrepender-se, sem esperar alguma recompensa ou gratidão; o maior beneficiado acaba sendo quem se doou, assim como ocorre quando se perdoa alguém.

Generosidade

Em um artigo publicado por Catolic.net, Francisco Cardona faz uma comparação, para exemplificar o que acontece quando uma pessoa é generosa – ou não.

“Na Terra Santa existem dois lagos alimentados pelo mesmo rio, situados a poucos quilômetros de distância um do outro, mas com características surpreendentemente diferentes. Um é o Lago de Genesaré e o outro é o chamado Mar Morto.

O primeiro é azul, cheio de vida e de contrastes, de calma e tempestade. Em suas margens se refletem delicadamente as flores simples, amarelas e rosas, de seus belos prados. O Mar Morto, por outro lado, é um lago salgado e denso, no qual não há vida, e a água que vem do rio Jordão fica estancada.

O que torna os dois lados tão diferentes, se são alimentados pelo mesmo rio? É simples: o Lago de Genesaré transmite generosamente o que recebe. Sua água, uma vez que chega até ele, parte imediatamente para remediar a seca dos campos, para saciar a sede das pessoas e dos animais: é uma água altruísta. Já a água do Mar Morto se estanca, adormece, salitra, mata: é uma água egoísta, estancada, inútil.

Mundo melhor

Acontece a mesma coisa com as pessoas. As que vivem doado e doando-se generosamente aos outros vivem e fazem viver. As pessoas que só recebem, guardam e não doam são como água estancada, que morre e causa morte ao seu redor.

Podemos pensar que, quando doamos nosso dinheiro, tempo, honra, nós nos empobrecemos e os outros vão ficando com o que era nosso, enquanto nós vamos nos esvaziando cada vez mais. Na verdade, acontece exatamente o contrário.

Quanto mais doamos, mais recebemos. Quanto menos damos do que é nosso, mais pobres nos tornamos. É uma lei espiritual que se cumpre pontualmente, mas que é difícil de aceitar; por isso, poucos se arriscam a pô-la em prática.

Mas há um desafio interessante para quem quiser aceitar. Quem quer viver de acordo com esta lei e doar e doar-se aos outros, terá surpresas muito agradáveis. É melhor dar que receber.”

Neste Natal, façamos o propósito de doar tudo o que pudermos aos outros: sorrisos, amabilidade, abraços, carinho, afeto, amor, apoio, gratidão, harmonia, alegria, tempo, oração, e também os elementos materiais que estiverem dentro das nossas possibilidades.

Se o ano todo fosse como o Natal, sem dúvida alguma o mundo seria muito melhor.


LIGHTS

Leia também:
Como se preparar bem para o Natal em tempo de pandemia?


CHRISTMAS

Leia também:
Advento: três palavras-chave que o ajudam a se preparar para o Natal

(Artigo publicado originalmente em LaFamilia.info)

Tags:
AdventoNatal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia