Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 07 Março |
home iconAtualidade
line break icon

Ativistas pró-aborto acusam anúncio pró-vida em ônibus de ser “ofensivo”

Ativistas pró-aborto acusam anúncio pró-vida em ônibus de ser "ofensivo"

Brittany Tate | Facebook

Francisco Vêneto - publicado em 02/02/21

O Canadá é um dos poucos países que não têm restrições legais ao aborto em fase alguma da gestação

Ativistas pró-aborto acusam anúncio pró-vida em ônibus de ser “ofensivo” e “constrangedor” para mulheres que optam por “interromper” a vida dos seus bebês em gestação.

Aconteceu em Sudbury, cidade da província canadense de Ontário. Um grupo local pró-vida, o Subdury Right to Life, organizou uma campanha em defesa dos nascituros mediante anúncios em ônibus públicos que permitem publicidade paga. O anúncio mostra a mão de um adulto sendo estendida a um bebê que levanta o braço e contém a frase em inglês “Take my hand, not my life“, que seria traduzida literalmente como “Pegue a minha mão, não a minha vida“. Não se trata da mesma imagem reproduzida neste artigo, que é apenas ilustrativa.

Ativistas pró-aborto acusam anúncio pró-vida em ônibus de ser “ofensivo”

Uma internauta chamada Brittany Tate compartilhou a imagem do anúncio via rede social criticando o sistema de transporte público da cidade. Segundo ela, a campanha constrange “mulheres de diferentes situações, ambientes, origens etc. por conta de abortos”. Ela acrescenta que acha “de mau gosto” um anúncio desse tipo e que tais peças publicitárias deveriam ser removidas, porque, ainda segundo a sua opinião pessoal, seriam contra a Lei de Proteção do Direito da Mulher ao Acesso aos Serviços de Aborto. Para a internauta, o fato de que a linha de ônibus passa em frente ao hospital, que é uma “área de acesso para abortos”, possibilita que o anúncio interfira “ilegalmente” na decisão da gestante que já tinha decidido abortar.

A queixa da internauta foi compartilhada por vários ativistas pró-aborto.

A empresa de ônibus declarou ao site Sudbury.com que “não apoia nenhum grupo ou mensagem particular na publicidade exibida em seus veículos”.

De fato, a Carta Canadense de Direitos e Liberdades determina que o município não pode rejeitar ou remover peças publicitárias que estejam em conformidade com o Código de Padrões de Publicidade, sem que isto elimine o direito dos cidadãos de registrar queixas caso discordem de algum anúncio.

Em 2019, outro anúncio pró-vida chegou a ser censurado no Canadá por queixas de ativistas pró-aborto. O outdoor, às margens de uma rodovia, mostrava uma mulher segurando um bebê e outra em estágio avançado de gestação. A frase do anúncio dizia: “Nosso direito à vida não depende do lugar”.

O Canadá é um dos poucos países que não têm restrições legais ao aborto em fase alguma da gestação: os bebês em seus estágios iniciais de desenvolvimento podem ser eliminados em qualquer momento da gravidez sem necessidade de qualquer justificativa.

Por outro lado, o partido de esquerda que governa o país há anos tem imposto restrições crescentes às liberdades de religião e de expressão, favorecendo a própria ideologia.


CHRISTIAN PERSECUTION,NEW YORK,TIMES SQUARE

Leia também:
Bispos do Canadá publicam declaração sobre atual perseguição religiosa


canada

Leia também:
Canadá: nova lei proíbe símbolos religiosos no trabalho




Leia também:
Cardeal canadense: igrejas sofrem mais restrições que cassinos e maconha

Tags:
AbortoIdeologia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
3
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
4
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
5
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
6
Santo Sudário
Aleteia Brasil
Manchas do Santo Sudário são do sangue de alguém que sofreu morte...
7
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia