Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 06 Dezembro |
São Nicolau
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Mais um padre sequestrado na Nigéria: onda de raptos de cristãos não cessa

Violência na Nigéria

Sunday Aghaeze / AFP

Reportagem local - publicado em 24/03/21

País mais populoso da África vive longa onda de perseguição religiosa e de violência contra civis

Mais um padre sequestrado na Nigéria: o pe. Harrison Egwuenu, diretor do colégio Saint George de Obinomba, foi raptado em 15 de março em Abraka, sul do país, num episódio que, lamentavelmente, é “apenas mais um” nas trágicas estatísticas de violência contra cristãos na mais populosa nação do continente africano.

Fontes locais divulgaram que os sequestradores literalmente arrancaram o pe. Egwuenu do carro em que ele estava, enquanto disparavam tiros de fuzil para o ar – pelo menos 15 cartuchos de Kalashnikov foram recolhidos do local do sequestro, junto ao veículo usado pelo sacerdote, que ficou abandonado à beira de uma estrada.

Mais um padre sequestrado na Nigéria

Sequestros de sacerdotes, seminaristas e freiras se tornaram comuns na Nigéria, assim como já eram comuns os sequestros massivos de estudantes em algumas regiões do país. Um dos episódios mais impactantes mundialmente foi o rapto das 276 estudantes de Chibok, mas houve casos ainda mais “volumosos”, como o sequestro de mais de 500 mulheres e crianças em Damasak, no final de 2014.

A escalada de raptos de religiosos foi tamanha que a Conferência Episcopal da Nigéria chegou a divulgar que não pagaria mais resgates, visando desestimular esse tipo de crime.

Dom Ignatius Ayau Kaigama, arcebispo da capital Abuja, assim descreve a perseguição religiosa atual na Nigéria:

“É uma doença que está se espalhando sem que seja feito nenhum esforço significativo para combatê-la. Há urgente necessidade de que o governo nigeriano enfrente a situação, treinando os agentes de segurança para agirem com mais eficácia”.

“Estão matando cristãos como frangos”

A necessidade é de muito mais eficácia do governo e das forças de segurança, mas a realidade é outra, conforme resumida por outro arcebispo da Nigéria, dom Matthew Man-oso Ndagoso, da arquidiocese de Kaduna:

“Estão matando cristãos como frangos”.

A declaração foi dada em 26 de abril de 2019 ao portal católico LifeSiteNews, e já na época fazia referência à onda de sequestros de cristãos e aos ataques anticristãos perpetrados pelo bando jihadista Boko Haram e pelos pastores nômades extremistas da etnia Fulani, seguidores de uma seita islâmica.

O sequestro do pe. Harrison Egwuenu foi confirmado pelo administrador da catedral do Sagrado Coração da diocese de Warri, pe. Benedict Okutegbe, que pediu orações pela libertação do sacerdote.


Les actes terroristes sont presque quotidiens au Nigeria

Leia também:
Bispo nigeriano: “Estão matando cristãos como frangos”

Tags:
PadresPerseguiçãoTerrorismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia