Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

“Censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito”, declara pe. Zezinho

Padre Zezinho

Pe. Zezinho

Reportagem local - publicado em 03/05/21 - atualizado em 02/05/21

O sacerdote conta que foi criticado por compartilhar fotos dramáticas de vítimas da covid na Índia

“Censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito”, declarou o pe. Zezinho em sua rede social, após ter recebido críticas por compartilhar fotos dramáticas de vítimas da covid na Índia.

O sacerdote conta que havia publicado imagens de pessoas morrendo nas ruas daquele país em decorrência da covid-19, além de piras para cremação de cadáveres montadas em espaços abertos, porque, “como nas grandes pestes mundiais, não havia nem tempo nem recursos para sepultar tanta gente”.

Relatando ter recebido conselhos para rezar em vez de compartilhar essas imagens, o padre assim respondeu às críticas:

“Eu rezo como você, mas mostro isto porque, se o Brasil não controlar o seu comportamento social, chegaremos a este mesmo quadro. A Índia tem 1.300.000.000 (1,3 bilhão) de habitantes. O Brasil tem 210.000.000 de habitantes. E já temos quase 400.000 mortos. E há brasileiros sem usar máscaras e aglomerando e bailando escondidos, apesar de todos os avisos.

Então eu mostro o que está acontecendo na maioria dos países onde não se esconde a catástrofe. Há países que não deixam filmar! Mas o vírus está tomando outras formas e se multiplicando!

Ao católico sensível demais, lembro que Jesus morreu torturado, crucificado e sangrando até à morte. E milhões de cristãos morreram como Jesus. E lembramos isto todas as semanas santas para ninguém esquecer que no mundo ainda se morre de tortura, de fome, de sede e de abandono.

Mas há cristãos que não querem ver isto na internet. Então sigam outros catequistas mais suaves!

A triste verdade é que muitos cristãos sensíveis demais ligam sua TV para ver seriados cheios de sangue, de morte, de massacres e explosões e nudez. Na tela até gostam. Na internet, de alguma página de padre católico, eles protestam! Não querem que o padre lembre as mortes de covid nas ruas e até mandam o padre se calar… Não devem ter lido a Bíblia!”

“Censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito”

O padre prosseguiu:

“Que tipo de cristianismo é este que não querem ver fotos de gente morta de covid nas ruas da Índia, quando, nas ruas do Brasil, há tiroteios, gangues violentas e assassinos roubando, assaltando e matando gente todos os dias por controle de território de drogas? Eu publico estas coisas, sim! Leiam a carta aos Romanos. Ele não escondia a corrupção do seu tempo.

Oremos pela Índia!
Oremos pela Europa!
Oremos pela África!
Oremos pelas Américas!
Oremos pelo Brasil!

Oremos pelos políticos brasileiros! E vocês sabem por quê! Oremos pelos cristãos brasileiros que, em vez de sair da página que mostra a dor do mundo, exigem que o padre se cale na própria página e só reze pai-nossos e ave-marias… Padre não existe só para isto. Além de orar, devemos catequizar e ensinar atitudes de justiça e solidariedade.

Eu sigo Jesus e os Papas que pregaram justiça social e compaixão por quem sofre em qualquer lugar do mundo. Este tipo de censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito! São Paulo de Tarso não aceitaria!”

Tags:
CovidPadresPandemia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia