Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 04 Março |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

“Censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito”, declara pe. Zezinho

Padre Zezinho

Pe. Zezinho

Reportagem local - publicado em 03/05/21

O sacerdote conta que foi criticado por compartilhar fotos dramáticas de vítimas da covid na Índia

“Censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito”, declarou o pe. Zezinho em sua rede social, após ter recebido críticas por compartilhar fotos dramáticas de vítimas da covid na Índia.

O sacerdote conta que havia publicado imagens de pessoas morrendo nas ruas daquele país em decorrência da covid-19, além de piras para cremação de cadáveres montadas em espaços abertos, porque, “como nas grandes pestes mundiais, não havia nem tempo nem recursos para sepultar tanta gente”.

Relatando ter recebido conselhos para rezar em vez de compartilhar essas imagens, o padre assim respondeu às críticas:

“Eu rezo como você, mas mostro isto porque, se o Brasil não controlar o seu comportamento social, chegaremos a este mesmo quadro. A Índia tem 1.300.000.000 (1,3 bilhão) de habitantes. O Brasil tem 210.000.000 de habitantes. E já temos quase 400.000 mortos. E há brasileiros sem usar máscaras e aglomerando e bailando escondidos, apesar de todos os avisos.

Então eu mostro o que está acontecendo na maioria dos países onde não se esconde a catástrofe. Há países que não deixam filmar! Mas o vírus está tomando outras formas e se multiplicando!

Ao católico sensível demais, lembro que Jesus morreu torturado, crucificado e sangrando até à morte. E milhões de cristãos morreram como Jesus. E lembramos isto todas as semanas santas para ninguém esquecer que no mundo ainda se morre de tortura, de fome, de sede e de abandono.

Mas há cristãos que não querem ver isto na internet. Então sigam outros catequistas mais suaves!

A triste verdade é que muitos cristãos sensíveis demais ligam sua TV para ver seriados cheios de sangue, de morte, de massacres e explosões e nudez. Na tela até gostam. Na internet, de alguma página de padre católico, eles protestam! Não querem que o padre lembre as mortes de covid nas ruas e até mandam o padre se calar… Não devem ter lido a Bíblia!”

“Censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito”

O padre prosseguiu:

“Que tipo de cristianismo é este que não querem ver fotos de gente morta de covid nas ruas da Índia, quando, nas ruas do Brasil, há tiroteios, gangues violentas e assassinos roubando, assaltando e matando gente todos os dias por controle de território de drogas? Eu publico estas coisas, sim! Leiam a carta aos Romanos. Ele não escondia a corrupção do seu tempo.

Oremos pela Índia!
Oremos pela Europa!
Oremos pela África!
Oremos pelas Américas!
Oremos pelo Brasil!

Oremos pelos políticos brasileiros! E vocês sabem por quê! Oremos pelos cristãos brasileiros que, em vez de sair da página que mostra a dor do mundo, exigem que o padre se cale na própria página e só reze pai-nossos e ave-marias… Padre não existe só para isto. Além de orar, devemos catequizar e ensinar atitudes de justiça e solidariedade.

Eu sigo Jesus e os Papas que pregaram justiça social e compaixão por quem sofre em qualquer lugar do mundo. Este tipo de censura de católicos falsamente escandalizados eu não aceito! São Paulo de Tarso não aceitaria!”

Tags:
CovidPadresPandemia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia