Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como exercitar a gratidão no dia a dia

gratitude

Cristina Conti | Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 08/02/22

Tornar-se grato(a) é um processo. Começa aos poucos e, quase sem perceber, você vai colher os inúmeros benefícios desse sentimento na sua vida

Em artigo recentemente publicado aqui na Aleteia, a psicóloga Talita Ribeiro explicou o poder da gratidão, segundo a neurociência.

De acordo com a autora, “quando geramos sentimentos de gratidão em nossos pensamentos, ativamos o sistema de recompensa do cérebro, localizado numa área chamada núcleo Accubens. Este sistema é responsável pela sensação de bem estar e prazer do nosso corpo. Quando o cérebro identifica que algo de bom aconteceu, que fomos bem sucedidos e que existem coisas em nossa vida que merecem reconhecimento e somos gratos por isso, ocorre liberação de dopamina – um importante neurotransmissor que aumenta a sensação de prazer.”

Além disso artigo explica que pessoas que manifestam gratidão vivem em níveis elevados de emoções positivas, satisfação com a vida, vitalidade e otimismo.

Quem não quer viver assim? Então, o que estamos esperando para praticar mais a gratidão?

Tornar-se grato(a) é um processo

Não é do dia para a noite que você vai começar a praticar a gratidão e ver os resultados dessa virtude em sua vida. Tornar-se grato(a) é um processo. Começa aos poucos e, quase sem perceber, você vai colhendo os benefícios desse sentimento.

Alguns hábitos podem ajudar a criar o costume de agradecer. A revista Sorria, por exemplo, publicou uma reportagem em que dá dicas de como praticar a gratidão no dia a dia. São passos simples que geram resultados surpreendentes. Confira!

Como praticar a gratidão no dia a dia

1. Perceba a alegria no seu cotidiano. Você já parou para reparar como algumas pequenas coisas do seu dia a dia te fazem sentir bem? Pode ser um café especial, uma conversa com um amigo, uma ajuda, um elogio recebido, uma lambida do seu cachorro. E você já agradeceu por isso? Então, treine o seu olhar para enxergar as pequenas coisas que trazem felicidade e, consequentemente, ative o seu cérebro para reconhecer e valorizar esses momentos e gestos;

2. Escreva um diário. Você já deve ter ouvido falar no diário da gratidão. É um dos exercícios recomendados pela psicologia positiva. Que tal iniciar um deles? Pois bem, no fim do dia, escreve três coisas que fizeram você se sentir bem. Reflita sobre elas. Isso, segundo os especialistas, pode até ajudar a melhorar a qualidade do sono;

3. Utilize o alarme da gratidão. Se você não estiver a fim de fazer um diário, configure um alarme em seu celular. Quando ele tocar, pense em algo que deixou você feliz (sempre vai ter algo, acredite!). Reflita sobre o que aconteceu e agradeça. Faça isso três vezes ao dia;

4. Compartilhe o que fez bem para você. Além de escrever e refletir sobre as coisas positivas do seu dia a dia, você também pode (e deve) compartilhá-las. Pode ser em uma conversa com seu cônjuge, filhos, pais ou amigos. Peça para eles compartilharem com você também o que lhes deixou gratos naquele dia. Segundo especialistas, quando ouvimos a gratidão que as pessoas próximas sentem, nos tornamos mais propensos a valorizar as pequenas coisas da nossa vida e sermos gratos por elas;

5. Tenha cuidado com as comparações. Seja grato pela sua vida, não pela vida que você gostaria de ter. Isso faz muito sentido hoje em dia, quando as pessoas postam nas redes sociais uma vida aparentemente perfeita. Será que ela existe mesmo? Não compare a sua vida com a delas. Você já pensou como essas pessoas se sentem na vida real, fora dos stories? Quais as dificuldades e lutas que elas enfrentam? Ou será que elas estão 24 horas por dia sorrindo, viajando, consumindo artigos de luxo? Você também deve pensar nisso;

6. Não se cobre. Você não deve se obrigar a sentir ou expressar gratidão. Também não cobre isso dos outros. Segundo os especialistas, quando tudo vai bem em nossa vida, é mais difícil demonstrar gratidão – está tudo bem! Entretanto, quando passamos por situações difíceis a gratidão pode nos tirar do fundo do poço.

Oração e gratidão

Outra forma de demonstrar e sentir gratidão é através da oração. São Paulo, na primeira carta aos Tessalonicenses, já falava sobre a importância de agradecer:

“Por tudo dai graças, pois esta é a vontade de Deus a vosso respeito, em Cristo Jesus”.

(1Ts 5,18)

Na carta aos Colossenses, ele também reforçou a importância da gratidão e da oração:

“Perseverai na oração, vigilantes, com ação de graças”.

(Cl 4,2)

Portanto, a oração diária de ação de graças também pode ajudar a desenvolver a imprescindível virtude da gratidão.

Tags:
FelicidadegratidaoVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia