Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Santa Sé sobre a morte de Archie Battersbee: “humanidade derrotada”

Archie Battersbee

Media Drum/East News

Ricardo Sanches - publicado em 08/08/22

O garoto de 12 anos faleceu depois que a justiça determinou o desligamento dos aparelhos que o mantinham vivo

A Pontifícia Academia para a Vida publicou uma mensagem no Twitter em que se posiciona sobre a morte do garoto inglês Archie Battersbee, de 12 anos. “Quando a vida de alguém é decidida por um tribunal de justiça, a humanidade é derrotada”, afirma o texto.

A instituição vaticana é presidida por Dom Vincenzo Paglia, que assegurou suas orações por Achie e sua família.

Igreja na Inglaterra

Após a morte do garoto, o bispo John Sherrington, que é auxiliar da diocese de Westminster e responsável pelas questões da vida na Conferência Episcopal Católica da Inglaterra e País de Gales, falou sobre o caso que “dividiu a opinião pública”.

O bispo lembrou histórias semelhantes, como as dos bebês Charlie Gard e Alfie Evans. Eles também tiveram suas mortes decretadas pela justiça da Inglaterra. “Cada passo deve reconhecer sua dignidade inerente como uma pessoa criada à imagem e semelhança de Deus. Neste momento de despedida, o processo de acompanhamento compassivo de Archie e seus pais é importante”, afirmou.

O prelado ainda se referiu à “necessidade de encontrar melhores formas de mediação através das quais pais e profissionais da saúde possam chegar a acordos comuns e evitar complexos procedimentos legais”.

O caso Archie Battersbee

Archie Battersbee morreu no sábado, 6 de agosto de 2022, depois que os aparelhos que o mantinham vivo foram desligados com a autorização da justiça de seu país.

De acordo com a família, o menino foi encontrado inconsciente em casa há quatro meses. A suspeita é que ele tenha participado de um desafio proposto por uma rede social. Os médicos diagnosticaram dano cerebral irreversível e queriam desligar os aparelhos de suporte à vida.

A família cristã não concordou e travou várias disputas judiciais para tentar manter o garoto nas máquinas, mas perdeu em todas as instâncias legais. “Ele lutou até o fim”, disse a mãe de Archie Battersbee após anunciar a morte do garoto.

Tags:
CriançasMortepaisValores
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia