Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 05 Agosto |
Santos Vardan e companheiros
home iconEstilo de vida
line break icon

Quaresma: podemos exigir que nossos filhos façam privações?

CHOCOLATE CHIP SCONES

By annyan_jp | Shutterstock

Edifa - publicado em 17/02/21

A Quaresma pode ser vista ao primeiro olhar como algo pesado de viver, pois constitui uma privação de certos prazeres. Como tal, é aconselhável perguntar a si mesmo se as privações devem ser uma prática a impor a seus filhos

É surpreendente perceber o medo que invade os cristãos no período da Quaresma. Só de pensar na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa, com a ideia de ter que nos conter, começamos a resmungar por dentro. Sejamos honestos, a penitência nos assusta e nos assusta a ponto de fazer tantos cristãos (e às vezes também os próprios pastores) dizerem que para fazer uma boa Quaresma o importante é nos aproximarmos de Jesus, fazer uma doação a uma obra católica, e viver a caridade. Estas palavras nos servirão bem, se encaixarão no nosso estilo de vida marcado pelo consumo. Somos uma sociedade que já não sabe conviver com a falta.

Sejamos objetivos! O que a Quaresma nos deixa? O que estamos fazendo de forma concreta? Doando uma tigela de arroz numa ação da paróquia, que nos retira a culpa de uma vez por todas? Uma esmola que doamos aos desfavorecidos da África e assim compramos a nossa consciência limpa? Por que pensar que amar a Jesus não resultaria em privação e jejum? Privar-se pelo bem do outro não é mostra-lo que você o ama? Precisamos reconhecer que essas privações são difíceis para nós e nos mostram nossa fraqueza. No entanto, esta é a maneira que Jesus escolheu para nos mostrar seu amor. Ele se privou ao ponto de dar sua vida para nos salvar.

A Quaresma vivida em família nos dá impulso e coragem para continuar

Então sim, sem medo de perder o que é essencial, posso sugerir e até exigir que meus filhos tirem a geleia, a Nutella, o iPad, e ofereçam esses sacrifícios ao Senhor como sinal do seu amor por ele. Assim, todos juntos, decidimos nos unir um pouco aos sofrimentos de Cristo. Juntos, porque assim cresce o ímpeto e a coragem para manter o esforço. Juntos, porque um cristão só, é um cristão em perigo, que pode facilmente se esquecer de cumprir aquilo que é chamado durante a Quaresma! Assim, juntos, celebraremos a Páscoa nesta alegria renovada de saber que somos salvos, e ainda com o retorno da Nutella e dos eletrônicos!

Este tempo nos é oferecido para que nos convertamos, para voltarmos o nosso olhar para Deus. Requer que desapeguemos das coisas materiais para nos ligarmos às coisas de Deus. A penitência nos permite esse movimento. Mas nos perguntamos: não é muito cedo para uma criança? Isso seria, na verdade, subestimar sua capacidade de se aproximar de Deus, seu desejo às vezes espontâneo de imitar Jesus. Esconder dele a verdade da Quaresma seria negar-lhe a oportunidade de realizar grandes coisas, além dessas privações. Sem dúvida, ela saberá dizer e repetir do fundo do coração: “É por Ti, Jesus, que faço isto”.

Impor mortificações aos nossos filhos é também concordar em vivê-las e permitir-se viver plenamente a alegria da Páscoa, vendo seus corações esvaziados de desejo. Quarenta dias sem chocolate e sem eletrônicos é muito tempo, mas a fidelidade… não é isso que esperamos daquele que ama?


WATER

Leia também:
Prece para antes de iniciar o jejum quaresmal e se manter firme nele


SAINTS

Leia também:
3 santos que nos mostram como a Quaresma deve ser




Leia também:
Meus filhos não são nada daquilo que eu esperava!

Inès de Franclieu

Tags:
EducaçãoFilhosQuaresma
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Princesa Diana no Accord Hospice
Reportagem local
Um padre católico acompanhou a princesa Diana na madrugada de sua...
Ver mais