Aleteia

Afinal, quais são os dias de preceito na Igreja Católica?

MASS OF THANKSGIVING
Compartilhar

Nos dias de preceito, é obrigatória para todo fiel católico a participação na Santa Missa

O calendário litúrgico da Igreja Católica é válido para todos os países, mas as Conferências Episcopais de cada país podem mover algumas datas de acordo com a realidade local, a fim de facilitar o cumprimento dos dias de preceito, também chamados de dias santos de guarda.

Nos dias de preceito, é obrigatória para todo fiel católico a participação na Santa Missa.

E quais são os dias de preceito na Igreja?

1 – Todos os domingos do ano são dias de preceito.

2 – Várias datas de preceito na Igreja já caem normalmente em domingos, como o Domingo de Ramos, o Domingo de Páscoa, o Domingo de Pentecostes, o Domingo da Santíssima Trindade.

3 – Os dias de preceito que podem não cair em domingo são os seguintes dez:

  • A Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, em 1º de janeiro;
  • A Epifania (Dia de Reis), em 6 de janeiro;
  • São José, em 19 de março;
  • A Ascensão de Jesus ao Céu, na quinta-feira da 6ª semana da Páscoa;
  • Corpus Christi, na quinta-feira após a oitava de Pentecostes;
  • São Pedro e São Paulo, em 29 de junho;
  • A Assunção de Nossa Senhora, em 15 de agosto;
  • Todos os Santos, em 1º de novembro;
  • A Imaculada Conceição de Nossa Senhora, no dia 8 de dezembro;
  • O Natal, em 25 de dezembro.

Mas fique atento: conforme já dito, mesmo algumas das celebrações sujeitas a cair em dias da semana podem ser movidas para o domingo seguinte, conforme as orientações específicas da Conferência Episcopal de cada país.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia