Aleteia
Segunda-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Atualidade

Colapso funerário pela covid-19 assombra a Bolívia: Igreja no país pede socorro

STR | AFP

Reportagem local - publicado em 29/07/20

Há temores de que se repitam no país as cenas estarrecedoras vistas semanas atrás no Equador, onde corpos ficaram espalhados pelas ruas

Dom Ricardo Centellas, arcebispo de Sucre e presidente da Conferência Episcopal da Bolívia, instou as autoridades do país sul-americano a responderem rápido à crise local dos serviços funerários, já que, devido ao aumento dos contágios pelo coronavírus e das mortes relacionadas com a covid-19, começaram a faltar locais para os sepultamentos.

Dom Ricardo pede especificamente mais agilidade no licenciamento do novo cemitério e crematório de Sucre, cidade que é a capital histórica e constitucional da Bolívia e que está entre as mais afetadas pela pandemia no país, junto com Santa Cruz de la Sierra, Cochabamba e La Paz.

Em mensagem de vídeo publicada no site da arquidiocese, ele pede todos os esforços para que a já dolorosa perda de um familiar não se transforme numa “experiência de Via Crúcis”.

O crematório do Cemitério Geral de Sucre entrou em colapso no último fim de semana, com 15 corpos aguardando em hospitais e no próprio necrotério para serem cremados.

A capacidade atual é de cremar até três corpos por dia. No entanto, além dos quinze que já aguardam, continuam falecendo outros doentes.

Nos últimos dias, deu a volta ao mundo a notícia de que 420 cadáveres tinham sido coletados por autoridades bolivianas em ruas, veículos e casas de todo o país, uma situação que recordou as cenas estarrecedoras de corpos abandonados pelas ruas no Equador, semanas atrás, devido ao mesmo tipo de colapso dos serviços funerários.


BOLIVIA

Leia também:
Coronavírus e fome: menino boliviano anda 8 km atrás de comida para 7 irmãos


UOMO, TESTA, TELEVISIONE

Leia também:
Polêmica na Bolívia: TV transmite ao vivo a morte de suposto doente de covid-19


SCARPELLINI

Leia também:
Bolívia: bispo morre de Covid-19

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Coronavíruscovid-19
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATIMA
Philip Kosloski
Fotos raras dos 3 pastorinhos de Fátima
POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE
Reportagem local
As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos e...
Pe. Gilmar
Reportagem local
Brasil: padre desaparece e manda mensagem com...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia