Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 16 Maio |
home iconEstilo de vida
line break icon

Languishing: sentimento de prostração durante a quarentena tem nome

PRAY

paulaphoto | Shutterstock

Octavio Messias - publicado em 30/04/21

Ansiedade, falta de motivação e dificuldade de concentração podem ser considerados sintomas de languishing

Conforme nos aproximamos do nosso 14º mês de quarentena, pessoas no mundo todo vêm se queixando de um sentimento de prostração, de falta de motivação e dificuldade de concentração. Nada tão severo como um quadro depressivo ou de burnout, mas uma espécie de filho do meio entre os dois, ainda distante da saúde mental plena edo nosso estado normal, como se tivéssemos nos tornado uma versão mais apagada de nós mesmos. Como escreveu o psicólogo norte-americano Adam Grant em sua coluna no jornal New York Times da semana passada, essa sensação meio “blah” que muitos andam sentindo durante o distanciamento social é chamada languishing, o que ao pé da letra pode significar definhamento ou, em uma tradução mais livre, sofrer de angústia.  E essa deve ser uma emoção predominante em 2021.

Inimigo invisível

Cunhado pelo sociólogo Corey Keyes, o termo languishing refere-se uma sensação constante de estagnação e vazio interior. O que mais preocupa especialistas, além do fato de que pode evoluir a um quadro ansiolítico, é o fato de que, por ser uma condição mais branda, a grande maioria das pessoas que sofre com isso nem sabe que se trata de um problema comum, e permanecem sem buscar ajuda. Languishing pode estar relacionado tanto a essa falta de perspectiva de quando todos estaremos vacinados e poderemos retomar nossas vidas como elas eram, assim como a um medo inconsciente de morrer em decorrência da Covid-19. Por mais que estejamos isolados socialmente, usando máscara sempre e um tubo de álcool em gel por dia, ao sabermos da morte de tantas pessoas ao nosso redor (nesta quarta o Brasil ultrapassou a marca das 400 mil vítimas fatais), é natural que o nosso instinto de sobrevivência seja ativado. No entanto, diante da nossa verdadeira incapacidade para combater sem vacina um inimigo que não pode ser visto, ouvido, sentido ou cheirado, ou seja, um inimigo que não podemos enfrentar e e do qual não há como correr, esse impulso acabaria diluído ao longo do tempo, convertendo-se em ansiedade e angústia.

Como lidar 

A sugestão de Adam Grant para lidar com o languishing é encontrar e se envolver em projetos ou atividades que tenham importância pessoal e que nos deem pequenas vitórias no nosso dia a dia, o que pode servir de estímulo, dar o senso de propósito que precisamos para retomar a motivação e, principalmente, o senso de presença necessária para enfrentar o nosso dia a dia. A partir do momento em que estamos presentes, absorvidos por algo ou alguma atividade, a mente repousa. E essa presença, capaz de derreter nosso senso de tempo e espaço, seria justamente o que nos foi roubado pela pandemia e substituído por pensamentos negativos e ruminações. Grant também sugere atividades de lazer, como jogos e esportes, ou até maratonar uma série do Netflix, desde que sem interrupções. Qualquer coisa que te transporte de onde você está e permita que a sua mente descanse. 

Tags:
DepressãoPandemiaSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
Philip Kosloski
5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de ...
3
Nossa Senhora de Fátima pede rezar o terço
Padre Reginaldo Manzotti
As 3 principais atitudes que Nossa Senhora de Fátima nos pediu
4
Soutane de Jean Paul II/attentat
Marzena Wilkanowicz-Devoud
Onde está a batina manchada de sangue de João Paulo II?
5
Nossa Senhora de Akita
Reportagem local
O grave alerta de Nossa Senhora de Akita sobre o maligno infiltra...
6
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: ...
7
FATIMA
Reportagem local
Uma carta da Irmã Lúcia, vidente de Fátima, sobre a grandiosidade...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia