Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Joe Biden repete que defenderá o aborto “com todos os recursos”

JOE BIDEN

Instagram-@joebiden

Francisco Vêneto - publicado em 24/01/22

Alegadamente católico, o presidente democrata diz que "o direito ao aborto está sob ataque como nunca antes"

O presidente democrata norte-americano Joe Biden, embora alegue ser católico e se permita inclusive comungar publicamente, voltou a afirmar que defenderá o aborto “com todos os recursos que temos”. Ele acrescentou que o aborto “é um direito que acreditamos que deve ser codificado em lei e estamos comprometidos em defendê-lo com todos os recursos que temos”.

A declaração de Joe Biden foi feita por ocasião dos 49 anos da legalização do aborto nos Estados Unidos, em 22 de janeiro de 1973. Há quase meio século, a Suprema Corte do país emitiu a sentença do caso “Roe versos Wade”, que foi nada menos que uma farsa: a “Jane Roe” em questão era o pseudônimo da jovem Norma McCorvey, que mentiu à Suprema Corte alegando ter engravidado em decorrência de um estupro que, na verdade, jamais havia sido perpetrado. Ela admitiu a mentira vários anos depois, declarando ter sido manipulada na época por ativistas pró-aborto, em particular pelas duas jovens advogadas que a tinham procurado e orientado a recorrer ao supremo tribunal para obter o “direito” a abortar. Norma, no entanto, não abortou: enquanto o seu caso era julgado, ela deu à luz uma filha e a entregou para adoção. Na década de 1990, Norma se converteu ao catolicismo e passou a defender publicamente o direito à vida. Ela morreu em 2017.

Joe Biden fez menção à sentença Roe versus Wade ao afirmar que “o direito constitucional estabelecido no caso Roe versus Wade há quase 50 anos está hoje sob ataque como nunca antes”. O alegado “ataque” é o caso Dobbs versus Jackson Women’s Health Organization, atualmente sob análise da Suprema Corte: trata-se de uma lei estadual do Mississippi que restringe a grande maioria dos abortos após a 15ª semana de gravidez. Se a Suprema Corte decidir favoravelmente à lei pró-vida do Mississippi, a sentença Roe versus Wade pode ser revertida.

Na véspera de 22 janeiro, dezenas de milhares de cidadãos norte-americanos realizaram mais uma edição da Marcha pela Vida na capital do país. A marcha em defesa do nascituro costuma ser feita no próprio aniversário da sentença que legaliza o seu extermínio, visando conscientizar o público sobre as graves consequências dessa lei: desde a sua aprovação em 1973, quase 65 milhões de bebês em gestação foram exterminados legalmente em pleno útero materno.

A incoerência de Joe Biden ao declarar-se católico e agir em aberta oposição à doutrina da Igreja é nitidamente criticada pela maior parte dos bispos católicos do país e do exterior, como é o caso de dom Joseph Naumann, arcebispo de Kansas City e presidente do Comitê de Ações Pró-Vida da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos: em outubro de 2021, ele se disse decepcionado com o presidente e exigiu que ele atue “como o católico devoto que afirma ser”.

Em resposta, Joe Biden acaba de reiterar que defenderá o aborto “com todos os recursos”.

Tags:
AbortoIdeologiaPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia